domingo, 17 de maio de 2009

Se eu fosse pintor...

SE EU FOSSE PINTOR

Se eu fosse pintor,
Com a mais bela cor,
Pintaria uma casa…
Um jardim e um lago.
Uma sebe de roseira
Coberta de flor,
Um grande quintal,
Um baloiço de madeira
E uma cerejeira…
Uma menina loira,
De cabelos compridos,
Franzina mas bela…
Pai e Mãe embevecidos…
E a doce Tia,
Ao fim do dia,
Brincando com ela.

Se eu fosse pintor,
Ao ver tanto amor
Pintado na tela,
Atentaria nela
E, vendo a esperança,
Brilhando nos olhos
Daquela criança,
A todos daria Vida.
E aquela petiz,
Hoje mulher,
Por uma magia qualquer
Voltaria feliz
P’ra dentro do quadro,
De volta ao passado…

Pintora de Palavras

2 comentários:

Profª Matilde disse...

Um poema lindo !!!

Embora deixando transparecer alguma nostalgia, está soberbo.

Fiquei sem palavras para a "Pintora de Palavras" :)

PARABÉNS !

Cristina Bernardes disse...

Sem palavras e sem comentários... O que se diz e o que se faz perante tanta beleza na escrita???