sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

Amor é... Poema nº 23

O AMOR É

Dias e dias sem te ver
A dor de te perder
É a maior de todas elas.

Quando nos encontramos
A alegria é incontrolável!
Quando nos separamos
A dor é interminável!

O amor é lindo, lindo!
Como as flores do meu jardim
É a beleza das rosas vermelhas
É a luz do meu ser, enfim!

(Este poema não veio identificado. Pedimos ao seu autor que, via e.mail, se identifique)

3 comentários:

Prof. António disse...

"É a beleza das rosas vermelhas"

De qualquer cor, mas, sobretudo desta...

Anónimo disse...

Parabéns aos poemas

pedro mendes disse...

o dia dos namorados é bom para fazer poemas