terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

SWEET ANGELS - Capítulo VI

Capítulo VI - Confissões

Sora estava a caminho da escola, quando encontrou Yutaka e foi ter com ele.
- Bom-dia! - disse Sora.
- Bom-dia. - respondeu Yutaka.
- Ontem, o combate foi difícil! - exclamou Sora.
- Tens Razão! Olha, se quiseres, podes ir à minha loja, o Haku costuma estar lá! Levas as tuas amigas contigo! - diz Yutaka enquanto lhe entrega um papel com a morada.
- Isto não é a morada do McDonald’s? - pergunta Sora enquanto lê a morada.
- Bem, é. Pensei que gostassem de comer lá! - diz Yutaka envergonhado.
- Eu adoro! Vamos lá hoje à tarde! - diz Sora com um sorriso enorme.
- Ok - responde Yutaka mais calmo.
Emiko chega a correr e cumprimenta Sora e Yutaka.
- Olá Emiko! Tudo bem? - pergunta Yutaka.
-Sim - responde Emiko.
Horas mais tarde, as raparigas estão reunidas em casa de Sora para falarem das suas coisas. A mãe de Sora tinha ido sair e o pai estava para o trabalho.
- Depois vamos à loja do Yutaka?
- Sim! - diz Kaori - Que tipo de loja é?
- Podia ser um café - diz Yuki.
- É um restaurante McDonald’s! - diz Sora enquanto arruma os livros da escola.
- Quero contar-vos uma coisa…- sussurra Emiko.
-Sim?
- Bem… eu gosto do Yutaka e queria que me ajudassem a conquistá-lo - diz Emiko.
Sora sente-se com uma ponta de ciúmes, fica vermelha e para se tapar, baixa a cabeça com o cabelo pela frente.
- Se é assim, toca a andar para o McDonald’s para te ajudar Emi-chan! - diz Kaori.

Chegam à loja e Yutaka saúda-as. Sentam-se numa mesa vazia e escolhem os menus antes de irem pedir ao balcão.
- Eu como um “Pimenta”! Alguém quer igual? - pergunta Yutaka.
- Eu! - exclama Emiko - adoro esse!
Enquanto Emiko diz isso pensa para si “É o que mais detesto, mas tem de ser”.
- Eu quero o “Happy Meal”! É bom e, depois, podemos escolher sobremesas especiais, bebidas e, no fim, ainda vem um brinquedo! - exclama Haku.
- Tu só comes o “Happy Meal” por causa do brinquedo? Que infantil és! - diz Sora.
- Afinal só tenho 13 anos, não é? - pergunta Haku.
- Tu não percebes nada! Com 13 anos já és um adolescente! Eu quero o “Happy Meal” porque gosto! - diz Kaori quase a gritar.
Haku cala-se envergonhado.
- Eu também quero o “Happy Meal” - diz Sora.
- E eu o “Big Mac” - diz Yuki.
- Que gorda vais ficar! Isso é para adultos e é super grande! - diz Haku.
- Não me aborreças! - diz Yuki.
Yutaka vai buscar os menus e todos comem. Quando acabam Emiko diz:
- Não me sinto muito bem. Yuki, vens comigo à casa de banho?
- Sim - responde Yuki.
- É melhor eu também ir! - diz Kaori.
- E eu! - diz Haku.
-Ó tonto, tu não podes entrar na casa de banho das raparigas! - diz Sora - Eu até ia se soubesse que não acontecia nada! Não quero levar com vomitados em cima!
- Então ficamos nós? - pergunta Yutaka.
- Sim - diz Sora.
Haku vai em direcção às casas de banho e, feito tonto, entra na casa de banho das raparigas de onde é expulso pela empregada de limpeza que o enfia dentro da casa de banho para deficientes.
- Tu gostas da Emiko? - pergunta Sora a Yutaka.
- Não, não gosto de ninguém. Porque é que queres saber? Gostas de mim? - pergunta Yutaka.
- Não! Claro que não! Só te perguntei porque tu te preocupas muito com ela. - diz Sora envergonhada.
- Preocupo-me com ela comO me preocupo contigo ou com a Kaori ou a Yuki! - diz Yutaka seriamente.
Sora pensa para ela “ se não gosta de ninguém, terei mais hipóteses”, mas os seus pensamentos são interrompidos porque Kaori chega a correr.
- A Emiko vomitou o lanche todo! - exclama ela.
- Não me fales em vomitados - exclama Sora com cara de enjoada.
- Onde está o Haku? Ele entrou na nossa casa de banho mas a empregada das limpezas tirou-o de lá! - diz Kaori.
- Onde haveria de estar? - pergunta Yutaka - Na casa de banho para deficientes, como é obvio!
Kaori rebenta de riso.
- Fez ela muito bem! - diz Kaori, quando finalmente consegue parar de rir - O que vamos fazer com a Emiko?
- Vamos levá-la a casa! - Diz Sora.
Yuki sai da casa de banho com Emiko, que está branca. Haku, um minuto mais tarde sai da casa de banho para deficientes e todos vão até a casa de Emiko sem falar. Chegam e tocam à campainha, a mãe abre a porta e agradece ao grupo por a ter levado a casa.
- Dentro de pouco tempo é dia de São Valentim. Espero que ela já esteja boa! - diz Kaori.
- Talvez sim… - comenta Yuki.
- Bem então até amanhã! - diz Haku.
- Já vais embora com a vergonha que passaste? - pergunta Sora.
- Tenho de admitir, sim - responde Haku.
- Bem, até amanhã! - diz Yutaka.
- Até amanhã - finaliza Sora.

4 comentários:

CLUBE DAS LÍNGUAS VIVAS disse...

Boa noite, Catarina :-)

A tua história está cada vez mais interessante.:-)
Oportunamente, iremos colocar, na faixa lateral, links para os capítulos anteriores para que todos possam mais facilmente ter acesso a toda a história.

Parabéns!

Florrita disse...

Olá, Catarina

A tua história continua a ritmo acelerado. Parabéns.
Já pensaste qual vai ser a editora que irá encher os cofres com as "aventuras" que já começaste?
Continua, e mais uma vez parabéns.
(Se for preciso uma ajudita para alguma correcção, conta comigo.)

Pro. António disse...

Continua Catarina.

Quem sabe se, com o relevo que as TV's agora dão às produções nacionais, não teremos aqui óptimo material para uma série televisiva :)

Catarina disse...

Muito obrigada!
A História já tem mais uns capítulos preparados!:)