sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Amizade

Amizade

Amizade
Uma palavra apanhada
Vinda do mar do meu pensamento
Afogada nas mágoas
Pintada de dor
Reapareceu

Ficou novamente alegre
Afastando o ódio
Adoentando a inveja
Matando a solidão
Fazendo renascer a
Amizade

Sofia Castro, 7ºB, nº26

13 comentários:

Anónimo disse...

Olá boa-tarde o teu poema esta muito giro.Continua assim a escrever desta maneira poetica.
;)
:-)

Patricia

Sofia Castro disse...

Obrigada

espero que gostem do poema e da poetisa...
:):):):)

Beijos

Sofia Castro

Anónimo disse...

Parabéns Sofia...
Também gostei do poema que escreveste. Continua assim...

Beijos
Inês
7º B
Nº 10

Paulo Alves disse...

Sofia, não sei usar aqueles sinais de pontuação para exprimir sentimentos, como vocês sabem e muito bem. Por isso, apenas quero dizer-te que as palavras são sementes que fazem nascer afectos entre as pessoas e que precisam de ser cuidadas, para que criem campos de ternura na paisagem das nossas vidas. Continua a semear palavras agradáveis como "amizade"!
Um abraço!
Paulo Alves

Anónimo disse...

Olá boa-noite!!! Quando puderes faz mais poemas. Sua grande poetisa!
;)
:-)
Patricia.Quando puderes responde ao meu comentário!

Anónimo disse...

Olá boa-noite!!! Quando puderes faz mais poemas. Sua grande poetisa!
;)
:-)
Patricia.Quando puderes responde ao meu comentário!

Paulo Alves disse...

As palavras que escreves são coloridas e afastam as nuvens negras que, às vezes, aparecem na nossa vida. Cultiva a amizade como se de uma flor se tratasse.
Um abraço!
Paulo Alves

Joana Francisca disse...

parabéns sofia um grande poema escrito com muita amizade.Grandes beijinhos duma grande amiga.
joana

Sofia Castro disse...

Obrigada!!
pode ser q aparecam mais meus!!...
;);*:*:*:* :):):)

Anónimo disse...

ola!o teu poema esta muito giro!!!!continua assim!beijos ana sofia

Anónimo disse...

parabéns o teu poema está lindo
!!! continua a mandar poemas !!! beijos . Manuela.

Sofia Castro disse...

Obrigada por gostarem!!!
beijos :*:*:*;););) :):)

Anónimo disse...

o teu poema esta mtmtmtmtmtmt giro