quarta-feira, 17 de outubro de 2007

A Tristeza do Meu Pensamento

A TRISTEZA DO MEU PENSAMENTO

Nas mágoas da minha tristeza,
escurecem as águas limpídas
com lágrimas de pranto,
que fazem as minhas sinfonias.
Nas redes de pescador,
que coseste com as minhas linhas,
com as folhas secas de Outono,
em que escreves maldade
e eu que contigo,
reviro a verdade.
A verdade,
que não queres reconhecer,
porque de triste já basta o pensamento
de sofrer!

Joana, 7ºB, nº12

10 comentários:

CLUBE DE LÍNGUA PORTUGUESA disse...

Boa tarde, Joana :-)

Muito, muito lindo! Parabéns!
Afinal, estamos numa escola de poetas!:-)

Um beijo*

Anónimo disse...

OI JOana...

Continuas com o mesmo jeito de sempre.
O teu jeito de dia para dia aumenta.

Continua assim...

bjinhos inês

Anónimo disse...

Obrigado pelos comentários e espero que todos gostem também da
autora do poema :-)

Joana

Sofia castro disse...

Olá joanita!!!
adoro o teu poema
és a poetisa de sempre
ainda nao perdeste o jeito nem a inspiraçao!!!:P
Beijos da Sofia
:* :* :* :* :* :*
:)

Paulo Alves disse...

A Joana não fala muito, mas expressa-se com intensidade.
Ela sabe que é no silêncio que existe dentro de nós que as palavras se vestem de sentido para aparecerem belas aos nossos olhos e ouvidos.
Parabéns, Joana!
Paulo Alves

Anónimo disse...

Olá Joana. Sempre soube que tinhas muito talento principalmente para a poesia!
;)
:-)
Patricia
7ºB

Catarina disse...

Esta muito bem!!!

Quando tiveres tempo manda outro!!!

Continua uma poetisa!!!

:*:*

Catarina, nº5 7ºB

Anónimo disse...

olá joana!!!o teu poema está lindo continua a escrever assim!!!
beijos da Manuela e da Ana Sofia

Daniela disse...

Olá Joanita!!! O teu poema está muito giro, adoro-o.

Beijos fofos: Daniela Pinheiro
7ºB :)

joana disse...

Muito obrigada adorei todos os comentários :)
;)
8)
:} Joana