sexta-feira, 27 de junho de 2008

Tempo de Verão...

Vê como o verão

subitamente

se faz água no teu peito,

e a noite se faz barco,

e minha mão marinheiro.

Eugénio de Andrade

3 comentários:

Prof. Robin disse...

Um génio, este Andrade.

Eu sei que já é um trocadilho muito batido, mas nem por isso deixa de ser um génio...

Cumprimentos calorosos

Anónimo disse...

Por favor, publiquem fotos do Saber Q.B.
Obrigada

CLUBE DAS LÍNGUAS VIVAS disse...

Boa noite, "anónimo" :-)

Ainda não tivemos acesso a registos fotográficos do Saber Q.B.
Não sabemos se existem.:(
Prometemos publicá-los na próxima semana se, entretanto, os conseguirmos.

Um abraço.